Otoplastia

É a cirurgia plástica das orelhas. Trata-se da correção de orelhas proeminentes (de abano), na tentativa de alcançar harmonia na forma, volume e posição das mesmas.

  • Cirurgia

É necessário jejum de 8 horas. Cada técnica se adequa a cada caso. Podemos associar técnicas para abordagem em um mesmo paciente. A idade mínima para cirurgia é aos 7 anos, pois nesta idade já ocorreu o crescimento das orelhas e também é a fase em que as crianças se mostram incomodadas com as orelhas proeminentes e podem sofrer bullying. A cirurgia pode ser feita com anestesia local associada à sedação em crianças maiores, adolescentes ou adultos ou anestesia geral em crianças menores.  São dados pontos internos para moldar as orelhas e retirado um fuso de pele na parte posterior da orelha. A cirurgia tem duração de aproximadamente 1 hora. O paciente recebe alta no mesmo dia da cirurgia (algumas horas após) com o retorno ao consultório já programado.

  • Recuperação

No pós operatório, a região das orelhas pode ficar inchada e vermelha, mas apresenta melhora no decorrer das duas primeiras semanas. A dor é tolerável na maioria dos casos. Em caso de dor e inchaço importante o médico deverá ser comunicado. Indica-se repouso relativo nos primeiros sete dias, evitando-se fazer atividade física e manter cuidado para evitar trauma local. Orienta-se limpar a região com soro fisiológico e usar uma faixa compressiva com o cuidado de manter gazinha entre a orelha e a faixa para evitar contato direto e, por conseguinte, ulceração da orelha pela pressão local.

  • Cicatrizes

A retirada dos pontos se dá com 7-10 dias. As cicatrizes nas orelhas costumam ficar discretas tornando-se quase imperceptíveis. Elas se localizam na parte posterior das orelhas.

  • Resultados

A cicatrização se completa com 6 meses a 1 ano após a cirurgia, mas com 1 mês já dá para perceber um resultado estético satisfatório.